BeExplorer – Os mistérios de San Ignácio, Belize!

Compartilhe!

Se o Belize é um país fora da rota turística dos brasileiros, San Ignácio chega a ser um destino praticamente intocado por viajantes do Brasil. É uma pena – ou talvez seja uma bênção – se considerar que o Belize e San Ignácio seguem como destinos intactos e inexplorados!

Conheça San Ignácio, Belize. É rústico, é uma aventura, é quase um desconhecido – e só isso já convida os viajantes a se jogarem a terras pouco exploradas.

Propaganda da Belikin Beer, a cerveja oficial do Belize - bem vindo à San Ignácio!

Propaganda da Belikin Beer, a cerveja oficial do Belize – bem vindo à San Ignácio!

Um pouco da história de San Ignácio

Mas vamos falar especificamente de San Ignácio, uma pequena cidade do oeste do Belize e que tem a única fronteira do país aberta com a Guatemala. Aquela região foi um dos principais corações do império maya, tendo sítios como Tikal (Guatemala), Calakmul (México) e Caracol (Belize). O tempo passou, o império maya desapareceu e as ruínas foram cobertas por florestas…

O Reino Unido colonizou o Belize e trouxe escravos da África, que do litoral migraram para o interior. A partir daí, a miscigenação correu solta, mas as etnias maya da região ainda guardam diversas características, mesmo mesclada com os negros e com os europeus.

Com o passar do tempo, descobriu-se ruínas mayas nos arredores de San Ignácio e a cidade passou a receber imigrantes asiáticos! Sim, San Ignácio é uma mistura geral de cultura e de pessoas – e isso faz dela um ótimo destino. Mas confira a seguir os atrativos da cidade pra ver que a coisa ainda pode melhorar! Lá vamos nós! Seja bem-vindo à San Ignácio, Belize!

Cahal Pech, um dos templos mayas dentro da cidade de San Ignácio.

Cahal Pech, um dos templos mayas dentro da cidade de San Ignácio.

O que fazer!

Tenha em mente que San Ignácio é uma cidade cara. Logo você vai descobrir o porquê! Os hotéis não custam muito, as refeições tem um preço bastante justo e a cerveja custa cerca de USD 2,00. E nada disso sai caro. O que sai caro são os passeios turísticos, muitos deles razoavelmente complicados de fazer, mas há solução pra tudo! Vamos aos mais simples, na cidade, para depois os mais complicados!

Na cidade de San Ignácio!

Green Iguana Conservation Project

O passeio Número 1 do TripAdvisor é bem bacana de ser feito! Por 1 hora, um guia explica sobre as iguanas (iguaria apreciada pelos mayas), seu ciclo de vida, habitat e como ela serve de base da alimentação dos mayas. Depois leva os viajantes para um criadouro, feito para protegê-las da extinção (devido à caça para consumo próprio).

Eles criam e recuperam os animais feridos no ambiente selvagem. Como são domesticadas, o ponto alto do passeio é a interação com as iguanas, quando é possível alimentá-las e pegá-las na mão – ou pô-las no ombro, porque elas costumam andar por todo o corpo!

Green Iguana Conservation Project
Onde? No San Ignácio Resert Hotel.
Preço? USD 9,00 por pessoa.
Quando? Todos os dias, a cada hora, das 8h às 16h.

As iguanas do centro de conservação que não quiseram posar para a foto...

As iguanas do centro de conservação que não quiseram posar para a foto…

Em compensação, essa aí posou para a foto!

Em compensação, essa aí posou para a foto!

A’JAW Chocolate & Crafts

Sabe aquela aula de como fazer chocolate que você sempre sonhou? Então, em San Ignácio, ela é real! O casal que toca o A’JAW, Élida e Adrian, é descendente maya e vão explicar, além da história do cacau e do chocolate, todo o processo utilizado pelos antigos para moer o chocolate e transformá-lo em líquido! Sim, os mayas bebiam o chocolate e era uma gastronomia exclusiva da elite!

Prepare-se pra provar um chocolate 100% cacau, e  zero açúcar! Como é muito amargo e nem todos estão acostumados ao sabor original, ao final eles permitem adicionar açúcar, mel, canela ou pimenta. Se você não devorar tudo quando a aula acabar, pode levar pra casa os chocolates que sobrarem! Ah, todo o processo dura cerca de 1h30!

A’JAW Chocolate & Crafts.
Onde? Na Victoria Street
Preço? USD 12,00 por pessoa. Descontos para grupos.
Quando? Aberto todos os dias, das 9h às 18h. Não precisa de reserva.

O cacau pastoso e brilhante, após amassar os grãos da mesma forma que os mayas faziam chocolate! No A'JAW, o chocolate é líquido, quente e 100% cacau, com zero açúcar!

O cacau pastoso e brilhante, após amassar os grãos da mesma forma que os mayas faziam chocolate! No A’JAW, o chocolate é líquido, quente e 100% cacau, com zero açúcar!

Provar a comida Belizeña

Surpreendentemente, há ótimas opção gastronômicas em San Ignácio. A culinária tem uma mistura maya, crioula e até asiática, além de influência mexicana (o México é logo ali!). Temos uma lista de bons lugares pra você se programar e rechear os seus dias de diferentes experiências gastronômicas. Arroz e feijão é o básico da culinária crioula e lembra bastante o Brasil. Não deixe de experimentar temperos locais. Ah, e peça uma Belikin, a cerveja do Belize, pra acompanhar!

  1. Ko-Ox Han nah (Comida asiática);
  2. Cenaida’s (Comida crioula e mexicana);
  3. Sweet Ting (Para bolos, doces e sobremesas);
  4. Roots Wraps & Smoothies (Culinária local com pegada vegana);
  5. Erva’s (Comida belizeña).
O almoço simples, mas muito gostoso do Cenaida's. A comida belizenha lembra bastante a culinária do Brasil. O arroz e o feijão tem origem crioula. Pra acompanhar, uma Belikin é indispensável!

O almoço simples, mas muito gostoso do Cenaida’s. A comida belizenha lembra bastante a culinária do Brasil. O arroz e o feijão tem origem crioula. Pra acompanhar, uma Belikin é indispensável!

No Belize, não pode faltar uma Belikin pra acompanhar todos os seus momentos, especialmente as refeições!

No Belize, não pode faltar uma Belikin pra acompanhar todos os seus momentos, especialmente as refeições!

Mercado de San Ignácio

O Mercado é daqueles de rua, que mistura comida fresca com pequenos artesanatos e souveniers. Não foi concebido para turistas, mas acaba servindo pra dar uma volta, principalmente para os gringos. Esse tipo de mercado é bem comum no Brasil e talvez não seja tão interessante para nós, brasileiros, mas os gringos adoram! De qualquer forma, passe lá pra comprar alguma lembrança de San Ignácio ou do Belize, mas não perca muito o seu tempo por ali! Coma em algum dos restaurantes indicados aí acima!

As ruínas mayas de San Ingácio!

São dois principais sítios arqueológicos nos limites da cidade, todos com nome razoavelmente impronunciável. Não se assunte, dá pra aprender, mas indico ouvir dos locais ao invés de ficar tentando pronunciar pelas palavras vistas aqui. Vale a pena visitá-los, são pequenos e as visitas são rápidas. Só Tikal ou Caracol que vão te consumir um dia inteiro.

Cahal Pech

Um dos dois sítios mayas localizados em San Ignácio, Cahal Pech é um dos menores descobertos. Basicamente, serviu como palácio para uma família importante na região. A visita é bacana se for o seu primeiro sítio arqueológico maya. Depois de ver os grandes, ele fica menos interessante. De qualquer forma, está dentro da cidade e o acesso é rápido e fácil. Ah, Cahal Pech significa “lugar de carrapatos”, porque quando foi descoberto o local era uma pastagem de gado! O nome original do local, entretanto, segue desconhecido…

Cahal Pech Mayan Ruin, Constellation Blvd
Valor – USD 5,00
Aberto todos os dias, das 9h às 17h

Imagine como era quando a mata cobriu - inteiramente - toda a ruína maya de Cahal Pech!

Imagine como era quando a mata cobriu – inteiramente – toda a ruína maya de Cahal Pech!

Xunantunich

Difícil falar, mas quando você ouvir de um belizeño fica mais fácil reproduzir o som. Se você arriscar a pronúncia, eles conseguem completar e de quebra indicam como chegar! É outro sítio arqueológico nos limites da cidade. Pra chegar já tem uma pequena aventura – entrar na balsa que cruza o Rio Mopan! Assusta, mas é seguro!

Enfim, o sítio arqueológico é maior e mais interessante que o Cahal Pech. Na hora de atravessar a balsa, fique atento que a última travessia sai às 15h15, então planeje chegar ali antes desse horário. Do centro de San Ignácio até à balsa são cerca de 20 minutos de carro. Ônibus levam até ao local, baste se informar e pedir ao motorista para descer na balsa de Xunantunich,

Xunantunich, San Jose Succotz, Belize
Valor – USD 5,00
Aberto todos os dias, das 9h às 17h (último acesso à balsa às 15h15!)

A balsa para cruzar o Rio Mopan já é o começo da aventura para chegar à Xunantunich.

A balsa para cruzar o Rio Mopan já é o começo da aventura para chegar à Xunantunich.

Outras atrações ao redor de San Ignácio!

ATM Cave

Não, não é uma caverna com um caixa para saque 24h! O nome é a abreviação de Actun Tunichil Muknal, que traduzindo seria algo como a “Caverna do Sepulcro de Cristal”. É que o esqueleto de um adolescente foi encontrado calcificado lá dentro, gerando um aspecto meio cristalizado – foi, possivelmente, vítima de algum ritual de sacrifício.

Para o passeio, use roupas confortáveis, calçados firmes (de preferência um sapato aquático) e prepare-se para se molhar dentro da caverna. O passeio vale muito a pena porque é como se sentir um explorador dentro de uma caverna!

Lá dentro é proibido tirar fotos, mas você pode conferir algumas no Google mesmo. Os diversos tours que saem de San Ignácio levam cerca de 7h (ida e volta), saindo às 8h e retornando às 15h e custam cerca de USD 100,00 por pessoa (Lembram quando eu falei que San Ignácio era uma cidade cara? Pois é…).

ATM Cave.
Valor – negociável, aproximadamente USD 100,00 por pessoa.
Todos os dias – acesso permitido somente com guias!

Tikal, Guatemala!

Prepare-se para um dia incrível na Guatemala! Se da capital do país não é fácil chegar até Tikal, de San Ignácio sua vida pode ficar mais prática! De qualquer forma, não recomendamos ir por conta própria – contrate um guia – é preciso cruzar fronteiras e dirigir por mais 2 horas até Tikal. E, sério, Tikal é muito maior que Machu Picchu – dificilmente vai conseguir entender tudo sozinho e com guias escritos, além do que pode se perder lá dentro. Em breve teremos um post só sobre Tikal, então quando estiver pronto deixaremos o link aqui!

Tikal
Valor – negociável, aproximadamente USD 145,00 por pessoa.
Todos os dias – não é necessário guias, mas de San Ignácio é muito recomendado.

O Templo I de Tikal, o mais alto e o mais imponente da antiga cidade maya.

O Templo I de Tikal, o mais alto e o mais imponente da antiga cidade maya.

Caracol

Caracol – ou El Caracol – é outro sítio arqueológico maya dos mais importantes. Este fica no Belize, a 40km ao sul de San Ignácio! É mais difícil chegar porque a estrada não é asfaltada e só se atravessa com 4×4. Pra quem se aventurar, saiba que é tão impactante quanto Tikal (aliás, as cidades eram inimigas na era maya!), mas como quase não existem turistas, vai passar a sensação de que você é praticamente um dos poucos a explorar o local

Caracol.
Valor – negociável, aproximadamente USD 110,00 por pessoa.
Todos os dias – acesso somente com 4×4 – recomenda-se ir com guias.

Sobre os passeios de San Ignácio

Depois de ler sobre essas três últimas atrações, fica fácil entender porque San Ignácio é um destino caro! Não vale a pena ir pra lá sem conhecer pelo menos ou Tikal ou Caracol (pra quem já visitou Tikal da Guatemala, vá à Caracol – a experiência é diferente!). Além disso, visitar a ATM Cave é uma experiência única!

Pra quem tem bala na agulha – ou doletas na carteira pra gastar – San Ignácio tem ainda diversas outras atividades pra fazer – desde canoagem até boia cross, montanhismo e muito turismo de aventura – difícil alguma coisa sair por menos de USD 75,00 por pessoa. Pra quem viaja meio apertado, faça um esforço pra não perder a caverna e algum sítio arqueológico grande! Fora isso, aproveite as opções turísticas de dentro da cidade, todas bem baratas e acessíveis.

O famoso "chicken bus" da América Latina. No Belize, pra quem se aventurar de verdade, entrar em um ônibus desses é só o começo!

O famoso “chicken bus” da América Latina. No Belize, pra quem se aventurar de verdade, entrar em um ônibus desses é só o começo!

Recomendação de empresas de tour em San Ignácio

Para os tours grandes, recomendo a K’Atun Ahaw Culture and Eco Adventure Tours, o nome é uma referência ao período de 20 anos do calendário maya (K’Atun). O proprietário (e guia principal), Sr. Elias, é natural de San Ignácio e tem origem maya – fala inglês e espanhol perfeitamente e tem toda a paciência e simpatia pra explicar tudo nos melhores detalhes! Além disso, ele é o único guia de San Ignácio que tem licença pra atuar também na Guatemala! Ah, a agência fica dentro do Casa Blanca Guest House, uma opção bem econômica e no centro de San Ignácio.

Outra agência bem recomendada é a PACZ Torus – na média, é também a mais cara de lá, mas tem um leque de opções maior que as demais operadoras.

Iguanas por todos os lados no Green Iguana Conservation Project.

Iguanas por todos os lados no Green Iguana Conservation Project.

Visão Geral de San Ignácio!

O Belize é um destino pouco visitado pelo brasileiros – e San Ignácio é ainda menos procurado. Mas se o seu clima atual de viagens estiver mais pra um espírito aventureiro e arqueológico, recomendo o destino – tenho certeza de que você vai se surpreender com San Ignácio e com as experiências que viver por ali.

Localizada no centro do país, San Ignácio ainda é porta de entrada (ou de saída) da Guatemala e tem fácil acesso às demais regiões do Belize. Pra visitar os grandes sítios arqueológicos, a ATM cave e fazer os demais passeios nas florestas e nos rios, entretanto, custa caro. Por isso, caso considere essencial fazer esse tipo de passeio, esteja preparado pra desembolsar um pouco a mais. Se já tiver visitado Tikal e conhecido as cavernas no México, acredito que a visita a San Ignácio poderá ficar muito mais barata do que a cidade exige de seus visitantes.

O dólar do Belize com a estampa da Rainha Elizabeth - como ex-colônia inglesa e como faz parte do commonwealth, a chefe de Estado do Belize é a Rainha da Inglaterra.

O dólar do Belize com a estampa da Rainha Elizabeth – como ex-colônia inglesa e como faz parte do commonwealth, a chefe de Estado do Belize é a Rainha da Inglaterra.

Reserve aqui o seu hotel em San Ignácio.

Para ler mais sobre o Belize, clique aqui!

E quanto a você, leitor viajante, não deixe de compartilhar suas dicas e histórias de viagens pelo mundo! Escreva para o Bilhete Premiado e deixe a sua marca!

Fique com algumas fotos de San Ignácio pra matar a sua curiosidade do local. Infelizmente, fotos da ATM Cave só pelo Google mesmo…

Delícias asiáticas do Ko-Ox Han nah que, traduzindo, seria algo como "Vamos comer!" - só não esqueça a Belikin à tiracolo!

Delícias asiáticas do Ko-Ox Han nah que, traduzindo, seria algo como “Vamos comer!” – só não esqueça a Belikin à tiracolo!

Moendo grãos de cacau no A’JAW - modo original de preparar chocolate!

Moendo grãos de cacau no A’JAW – modo original de preparar chocolate!

Bem vindo ao Green Iguana Conservation Project, o programa nº 1 do TripAdvisor em San Ignácio.

Bem vindo ao Green Iguana Conservation Project, o programa nº 1 do TripAdvisor em San Ignácio.

Detalhes de Cahal Pech, uma pequena ruína maya no meio de San Ignácio.

Detalhes de Cahal Pech, uma pequena ruína maya no meio de San Ignácio.

San_Ignácio-Belize-Green_Iguana_Conservation_Project

Propriedades do cacau - dos mayas aos dias atuais.

Propriedades do cacau – dos mayas aos dias atuais.

6 Responses

  1. Camille Panzera
    Camille Panzera 16/11/2015 at 7:23 pm |

    Adorei o post, Bernardo! Tenho vontade de conhecer Belize e com o que você escreveu fiquei ainda mais animada. Acho que ainda não estou preparada para um encontro tão íntimo com as iguanas, mas ia querer visitar vários sítios arqueológicos hahah. 🙂 Beijos

  2. Guilherme Guiraud
    Guilherme Guiraud 20/07/2016 at 7:30 pm |

    Otimo post! Eu estou indo Sexta agora p/ Belize e tenho 9 dias e estou tentando quebrar entre San Ignacio e as Cayes! Li muita coisa, mas ainda nao decidi 100% os passeios q vou fazer, inclusive ATM eu nao estava tao empolgado, mas agora acho que virou um must do! Valeu!

  3. Victor Dalvi
    Victor Dalvi 21/04/2017 at 8:58 pm |

    Bernardo, excelente artigo!!! Me ajudou demais! Vou para Belize agora em Maio com minha esposa e através desse artigo descobri coisas incríveis para fazer lá! Muito obrigado!

    Você saberia me informar como faço para ir de Belize City para San Ignacio? Tem alguma empresa de ônibus para recomendar? Ou acha mais tranquilo ir de van? Sabe quanto custa o valor aproximado desse trajeto?

    Mais uma vez obrigado!

Comments are closed.

Show Buttons
Hide Buttons
%d bloggers like this: