Como aproveitar uma conexão no aeroporto de Amsterdã

Compartilhe!

A chance de você passar pelo Aeroporto de Amsterdã-Schiphol para uma conexão em sua viagem pela Europa é grande, afinal, ele é o quarto maior aeroporto do continente em número de passageiros.

Nem sempre a companhia aérea vá te permitir aquele stop-over pra conhecer os Países Baixos com mais calma, mas se sua conexão no aeroporto de Amsterdã for longa, saiba que é bem possível aproveitá-la – e sem pressa ou correria, desde que fique atento ao horário!

Este post é pra quem vai passar algumas horas em conexão no aeroporto de Amsterdã. Pra quem vai fazer stop-over de mais de um dia, recomendo ler outros artigos para ajudar a planejar a viagem.

A Basílica de São Nicolau entre as casas típicas de Amsterdã.

A Basílica de São Nicolau entre as casas típicas de Amsterdã.

Vale a pena sair do aeroporto de Amsterdã?

A pergunta que assola a maior parte dos passageiros em conexão pelo Schiphol tem uma resposta que varia de acordo com o intervalo da sua conexão.

Entre 1 e 2 horas…

…não vale a pena sair do aeroporto. Ele é razoavelmente grande e provavelmente você ficará correndo entre terminais pra encontrar o portão de embarque.

Entre 3 e 4 horas…

…ainda não vale a pena sair do Schipol, mas há uma boa notícia! O aeroporto é enorme, tem diversas opções gastronômicas e lojas para você aproveitar um pouquinho dos Países Baixos. Tulipas, tamancos de madeira e o stroopwafel (o Wafel neerlandês) estão na lista dos souvenirs básicos para comprar no aeroporto. Além disso, o aeroporto tem um cassino e uma versão reduzida do Rijksmuseum, o principal museu de Amsterdã.

A partir de 5 horas de conexão…

A brincadeira começa a ficar bem mais interessante! Mas antes de sair do aeroporto, leve em consideração o seguinte:

  1. procedimento alfandegário (30 minutos);
  2. deslocamento do aeroporto até a Amsterdã Centraal (30 minutos)
  3. deslocamento de onde você estiver em Amsterdã até a estação de trens (20 minutos);
  4. tempo de retorno da estação de trens até o aeroporto (20 minutos);
  5. percurso interno no aeroporto até o raio-x (10 minutos);
  6. filas de raio-x (25 minutos);
  7. caminhada do raio-x até o portão de embarque (30 minutos).

Tudo isso somado deu 2h45. Arredonde pra 3 horas, é sempre melhor prevenir. Então, saiba que, em uma conexão de 6 horas, o seu tempo livre circulando pela cidade pode ser reduzido a 3 horas. Mas acredite, é sim possível fazer bastante coisa nesse meio tempo!

Como ir do aeroporto de Schiphol até a Amsterdam Centraal

É simples e rápido, desde que você saiba exatamente o que está fazendo. Embora a viagem dure 15 minutos, adicione mais outros 15 para se encontrar. É um local novo, um idioma novo e, enfim, você pode acabar perdido.

Assim que sair do desembarque, procure as placas indicando a estação de trens. Em breve você estará em uma parte do aeroporto que não parece uma estação de trens – mas acredite, é uma estação! Há escadas rolantes levando ao subsolo e máquinas vendendo tickets em frente a elas.

Compre ida e volta do aeroporto até Amsterdam Centraal. Se comprar nos balcões tem um custo extra de € 0,50. A maioria dos trens que partem para a estação central saem das plataformas 1 e 2, mas não custa confirmar com alguém antes. Olhe bem antes de descer as escadas rolantes e embarque no trem correto!

Entre as 5h30 e as 21h, são cerca de 6 ou 7 viagens por hora, então você não deve esperar mais do que 10 minutos para embarcar. Confirme que no primeiro vagão esteja escrito Amsterdam Centraal e embarque. Procure um vagão com o número 2 e fique ali (imagino que você tenha comprado 2º classe!).

Ao sair do trem, desça as escadas e siga à direita. Bem-vindo à Amsterdã!

Para voltar ao aeroporto, entre na estação, encontre um telão de partidas (departures) e procure por trens que tenham Schiphol (Luchthaven Schiphol) como destino – são vários que param lá. Você já deve ter o ticket de retorno em mãos, então veja o horário, confirme a plataforma e corra pra lá. Não deve demorar muito até a chegada do próximo trem!

Prepare-se também quanto aos pontos seguintes:

O seu destino de interesse estará aberto? Informe-se antes da viagem! Especialmente se for domingo ou feriado.

A sua bagagem de mão é um estorvo? Se sim, deixe-a guardada em um armário no aeroporto (só não esqueça de buscá-la no retorno!).

O fumacê dos coffeeshops de Amsterdã - em meio a um cigarro e a um space cake, não é um espaço apropriado para um café!

O fumacê dos coffeeshops de Amsterdã – em meio a um cigarro e a um space cake, não é um espaço apropriado para um café!

O que fazer durante uma conexão no aeroporto de Amsterdã

Inicialmente, vamos listar o que não fazer!
  • Keukenhof. Esqueça… o parque das tulipas tem época certa e é um passeio de dia inteiro…
  • Zaanse Schans (os famosos moinhos de vento). Esqueça – é passeio de dia inteiro…
  • Casa da Anne Franke. Não demora muito pra percorrer a casa, mas é razoavelmente fora de mão e a fila pra entrar é longa e anda devagar, mesmo no inverno.
  • Van Gogh Museum. Fica longe da estação central e, acredite, você não vai querer visitá-lo com pressa.
  • Rijksmuseum. Também fica longe da estação e, bom, vale a mesma explicação do item anterior. Além do mais, há uma galeria do Rijksmuseum no Aeroporto de Schiphol.
  • Heineken Experience. Longe da estação central e precisa ter hora marcada.

Agora sim, o que fazer!

Ir a um coffeeshop

Se você quer provar um café de verdade, fique no aeroporto mesmo. Os coffeeshops de Amsterdã são os locais autorizados pelo governo a comercializarem maconha. Eles vendem tanto o cigarro quanto o space cake, o famoso bolo de maconha. Pois bem, não há coffeeshops no aeroporto e o mais próximo de lá está a 5 minutos da estação de trens.

De qualquer forma, em suas andanças pela cidade, há diversos coffeeshops no caminho. Pra identificá-los, basta procurar por uma bandeira verde e branca na vitrine. Se o seu objetivo durante a conexão for apenas este, aproveite o mapa ao final do post e siga para o primeiro endereço indicado (Central Coffeeshop, Prins Hendrikkade, 89).

Tour pelos canais de Amsterdã

Um passeio clássico é conhecer as cidades navegando por seus canais. Diversas empresas operam esse tour, mas o circuito é basicamente o mesmo – e dura 1 hora. O preço varia entre € 10,00 e € 16,00 por pessoa (depende do tamanho e da fama da empresa).

A maior parte dos tours saem de um ponto próximo à estação de trens. É bem perto caminhando, é o penúltimo ponto marcado no mapa a seguir. Assim que sair da estação, você já avistará as docas.

Bicicletas estão por todos os lados e viraram uma marca de Amsterdã.

Bicicletas estão por todos os lados e viraram uma marca de Amsterdã.

Red Light District

Ok. Não é noite e você não verá as cenas que deixaram o Red Light District famoso. Mesmo assim, saiba que é um dos bairros mais famosos de Amsterdã. Durante o dia, acaba sendo uma área com muitos restaurantes e pequenos mercados a céu aberto. Ah, e cheio de sex shops também!

Kalverstraat e Dam Square

Ainda na parte central e próxima da estação, a Kalverstraat e a Praça Dam são dois polos de atração turística. A Kalverstraat é uma espécia de rua de shoppings. Tem de tudo um pouco e é fácil para os viajantes andarem por lá. Ao final dela está a Dam Square, a principal praça da cidade. É lá que está o Palácio Real de Amsterdã. Na maior parte do ano, fica aberto ao público para visitas.

Winkel 43

Como dizer… esse é o local da mítica melhor torta de maçã do mundo! Sim, até o Bill Clinton já passou pra provar – e disse que é a melhor torta de maçã de Amsterdã. Claro que o ex-Presidente não queria ganhar inimizade dos americanos e não ousou dizer que era a melhor do mundo. Mas a fama continua.

Bem, a Winkel 43 está razoavelmente perto da estação, mas vá sabendo que o lugar é lotado (felizmente as pessoas não demoram muito pra comer). É mais um café, então serve para comidas rápidas. Prove a torta junto com um espresso, fica perfeita!

Agende um tour privado

Essa possibilidade existe – e eles te buscam no aeroporto, o que facilita um pouco a vida. Ainda oferecem tours para ver os moinhos de vento e outros de um dia inteiro. Tudo vai depender da sua disponibilidade financeira, de tempo e da vontade. Vale a pena conferir o site da Amsterdam Layovers, que oferece tours específicos para quem está em conexão no Schiphol.

Gostou do post? Se achou que ele foi útil, volte aqui para nos dizer como foi a sua conexão em Amsterdã. Conseguiu otimizar bem o tempo? O que você fez? Pra onde foi? Enfim, volte pra nos contar um pouquinho mais do seu passeio expresso por Amsterdã.

Caso vá ficar por mais de um dia em Amsterdã, clique aqui para ler mais sobre a Holanda e os Países Baixos.

E quanto a você, leitor viajante, não deixe de compartilhar suas dicas e histórias de viagens pelo mundo! Escreva para o Bilhete Premiado e deixe a sua marca!

Mítica e espetacular - a melhor torta de maçã do mundo é a do Winkel 43, programa perfeito para fazer em Amsterdã.

Mítica e espetacular – a melhor torta de maçã do mundo é a do Winkel 43, programa perfeito para fazer em Amsterdã.

12 Responses

  1. Blog Check-In
    Blog Check-In 03/05/2016 at 10:52 am |

    Oi pessoal!
    De longe o melhor post sobre o assunto, me ajudou muito! Terei 6h30 numa conexão e quero aproveitar esse tempo para almoçar, tirar aquela famosa foto no I Amsterdam, dos museus (só o lado de fora mesmo), um pulinho rápido na Red Light (que me pareceu perto do I Amsterdam) e voltar. Será que dá tempo?
    Ah, sobre a mala no aeroporto, eu não consigo já despachar elas assim que eu chegar? Assim eu não precisaria pagar os lockers.
    Obrigado e parabéns pelo post!

  2. Rodrigo Ferreira
    Rodrigo Ferreira 01/09/2016 at 4:11 pm |

    Olá,estou indo para França em Fevereiro, depois vou para Bangkok. Na volta tenho conexão em Amsterdam, motivo pelo qual achei o blog. Curti demais as dicas, porém, minha conexão é durante a noite, das 18:20 as 10:35 do outro dia. Dá para curtir essa conexão lá? O que tem para fazer nesse horário? Desde já agradeço e parabenizo pelo texto.

  3. Flavia
    Flavia 17/03/2017 at 2:35 pm |

    Olá, minha conexão entre Bergen e Rio de Janeiro terá 4:40 de espera no aeroporto. Vale a pena sair para uma volta de 1 horinha ou 1,5 pelo menos?

  4. Guilherme
    Guilherme 03/07/2017 at 7:10 pm |

    Olá, minha conexão será noturna também. Será que tem coffeeshops que fica aberto até altas horas da madrugada?

Comments are closed.

Show Buttons
Hide Buttons
%d bloggers like this: