Rota Romântica – Würzburg – a porta de entrada!

Compartilhe!

Aqui começa a Rota Romântica alemã. Würzburg é a porta de entrada para os viajantes se perderem por uma das estradas mais famosas do planeta. Para muitas pessoas ela é só isso, uma cidade próxima à Frankfurt que dá início à Rota Romântica.

Mas saiba que apesar de grande para o padrão das cidades da Rota, Würzburg guarda alguns segredos pouco explorados pelos aventureiros da região. Medieval, seu centro histórico está bem conservado e ainda tem o Juliusspital, o hospital da cidade que é um dos maiores e mais famosos produtores de vinho da francônia.

A  Weineck Julius Echter, a loja de vinhos do Juliusspital.

A Weineck Julius Echter, a loja de vinhos do Juliusspital.

Sim, você leu certo! Um hospital que produz vinhos – e dos bons! Vale a pena conhecer a vínicola e o edifício do hospital, além de jantar no restaurante do local.

Planejando a visita à Würzburg

Recomendamos pelo menos uma diária em Würzburg, menos que isso fica muito corrido. Saiba que a localização da cidade é estratégica, porque está próxima a Rothenburg (50 minutos de carro) e de Nuremberg (1 hora de carro), então leve isso em consideração quando planejar seu roteiro pela região.

Vamos ao básico de Würzburg, pra você se encantar com a grande – e ainda pouco explorada – cidade da Rota Romântica.

Würzburg e o Rio Meno - o começo da Rota Romântica passa por aqui.

Würzburg e o Rio Meno – o começo da Rota Romântica passa por aqui.

Festung Marienberg

Construída sobre o Rio Meno, o mesmo que passa por Frankfurt, a Fortaleza de Marienberg é o símbolo máximo de Würzburg. Ela tem uma história conturbada, por onde passaram diversos mandatários, incluindo bispos, emissários de Napoleão e até dos nazistas.

Mas a fortaleza resistiu a tanta convulsão social e hoje impera sozinha na outra margem do Rio Meno, com vinícolas em partes de suas encostas e a Alte Mainbrücke completando a paisagem abaixo.

Festung Marienberg
Fechado às segundas
Das 9h às 17h.
Valor: € 4,50 (ou € 6,00 com visita guiada pelo castelo)

A Fortaleza de Marienberg, no alto de uma colina sobre o Rio Meno.

A Fortaleza de Marienberg, no alto de uma colina sobre o Rio Meno.

Alte Mainbrücke e a Käppele

Construída entre 1473 e 1543, a Ponte Antiga foi a primeira a ligar os dois lados do Rio Meno e até hoje permanece de pé. Dali, é possível ter uma vista incrível tanto da Fortaleza Marienberg quanto da Catedral de Würzburg.

Além da Catedral, a Capela Kapuzinerkloster é famosa por ser ponto de peregrinação religiosa. Diz a lenda que um pescador esculpiu uma pietà em 1640. Dez anos depois, alguns milagres de cura aparentemente ocorreram na região – e todos eles estavam ligados à estátua.

Caso os milagres ou a religião não te atraiam muito, veja a igreja pelo lado arquitetônico, pois é uma representante do rococó alemão. Além disso, estando no meio da Ponte Antiga, o cenário fica ótimo com a conjugação do Rio Meno, da Catedral, da Fortaleza e da Capela ao fundo da paisagem.

A Alte Mainbrücke, a primeira ponte a ligar os dois lados do Rio Meno em Würzburg.

A Alte Mainbrücke, a primeira ponte a ligar os dois lados do Rio Meno em Würzburg.

A Ponte Antiga e a Catedral de Würzburg.

A Ponte Antiga e a Catedral de Würzburg.

Würzburg Residenz

Declarado Patrimônio Mundial da Unesco, O Palácio Residência de Würzburg é o principal expoente da arte barroca alemã, construído em apenas 24 anos, de 1720 a 1744. Detalhe para as escadarias e para os jardins.

Würzburg Residenz
Aberto todos os dias.
Das 9h às 18h (16h30 no inverno)
Valor: € 7,50 (com tour incluído, às 11h ou às 15h)

O Palácio Residência de Würzburg, Patrimônio Cultural da Unesco.

O Palácio Residência de Würzburg, Patrimônio Cultural da Unesco.

Juliusspital

Pra mim, este é um dos pontos altos de Würzburg. Sim, é meio que um hospital vinícola. Na verdade, a vinícola serve para sustentar o hospital. Foi fundado em 1576 pelo Príncipe Bispo Julius Echter von Mespelbrunn e desde sempre foi um hospital de caridade.

Além do edifício e da vinícola, vale a pena passar no restaurante do hospital, o Weinstuben Juliusspital. Ele abre todos os dias das 10h às 24h e a reserva pode ser feita por telefone (+49-0931-54-080).

Quanto ao tour pelo hospital-vinícola, não há opção em inglês, apenas em alemão. Então se você não domina o idioma, recomendo ficar apenas com a parte estética do prédio e aproveitar o seu tempo para desfrutar do restaurante ou ir direto à loja exclusiva de vinhos do hospital, a Weineck Julius Echter, localizada na esquina da Koellikerstraße, 1a, ao lado do prédio principal do Juliusspital.

O Julisspital, uma das maiores vinícolas da Alemanha é um hospital de caridade.

O Julisspital, uma das maiores vinícolas da Alemanha é um hospital de caridade.

O roteiro básico no mapa de Würzbug

Pra facilitar as coisas, fizemos o roteiro básico de Würzburg pelo GoogleMaps, na ordem mais lógica para conhecer a cidade. Lembrando que quem está de carro pode usá-lo para chegar até à Forlateza Marienberg e à Capela Kapuzinerkloster no automóvel e depois percorrer o centro da cidade a pé.

Reserve aqui o seu hotel em Würzburg.

Clique aqui para ler mais sobre a Alemanha.

E quanto a você, leitor viajante, não deixe de compartilhar suas dicas e histórias de viagens pelo mundo! Escreva para o Bilhete Premiado e deixe a sua marca!

Detalhes do cotidiano de Würzbug sobre a Ponte Antiga.

Detalhes do cotidiano de Würzbug sobre a Ponte Antiga.

Cenas do interior do Julisspital.

Cenas do interior do Julisspital.

A Fortaleza de Marienberg desde a Ponte Antiga.

A Fortaleza de Marienberg desde a Ponte Antiga.

Detalhes da Festung Marienberg, clássica construção medieval.

Detalhes da Festung Marienberg, clássica construção medieval.

O centro histórico de Würzburg e detalhes da simpática Marienkapelle.

O centro histórico de Würzburg e detalhes da simpática Marienkapelle.

Würzburg se prepara para a primavera alemã - no caminho da Rota Romântica.

Würzburg se prepara para a primavera alemã – no caminho da Rota Romântica.

Show Buttons
Hide Buttons
%d bloggers like this: